Cascavel, Domingo, 25 de outubro de 2020

Leia mais

Alô, reitoria...

Postado em 13/09/2020
  • Uma ação do deputado Evandro Roman no HU poderá lhe custar algumas antipatias e sufrágios. Emenda do parlamentar equipou o hospital com um sofisticado equipamento de ressonância magnética fabricado pela General Eletric.
  • O aparelho vale 1 milhão de dólares. E a ausência dele no HU, além do incômodo para pacientes que precisavam se deslocar, abria uma torneira milionária. O HU pagava mensalmente para empresas privadas mais de R$ 150 mil, uma média de R$ 700 por exame.
  • Será o primeiro equipamento do interior do Paraná. O governador Ratinho Junior virá, nesta sexta-feira, para acompanhar a emissão simbólica do primeiro exame. Serão feitos mais de mil exames mensais na tentativa de zerar uma fila de 6 mil pacientes. É missão para quase dois anos.
  • A ressonância vai gerar receita para o HU. O SUS paga R$ 260 por exame. Deste montante, cerca de R$ 70 é resultado líquido para o hospital.
  • Seria exagerado recomendar a reitoria da Unioeste instalar uma câmera de vídeo na sala blindada com placas de silício que irá abrigar o aparelho? É que equipamentos assim são muito sensíveis, e qualquer “descuido” pode – providencialmente - tirá-los de combate.

Rápidas

  • Estimativas dos experts da política apontam para pelo menos 10 siglas coligadas ao projeto reeleitoral paranhista.
  • Isso arrebanharia quase metade de todo o tempo de propaganda eleitoral disponível na televisão.
  • Bolsonaristas arredios ao prefeito Paranhos vão depender de um bom desempenho do candidato do Partido dos Trabalhadores, Paulo Porto.
  • Se o petista ficar muito aquém dos 18% de votos obtidos aqui em 2018 pelo presidenciável Haddad, complica jogar o pleito para o 2º turno.
  • José Carlos Schiavinatto sofre persistente assédio para que entre no páreo e dispute a Prefeitura de Toledo.
  • A exemplo de Assis Chateaubriand na eleição anterior, Corbélia - sempre cindida em dois grupos - poderá ter candidatura única. O nome próximo do consenso é o do atual prefeito, dr. Giovani.

ELEIÇÃO SEM ERRO

  • Se tem algo complexo e com potencial de incomodar candidatos é a prestação de contas da campanha eleitoral, a cada pleito mais burocratizadas e passível de multas atrozes e inegibilidade. O Centro Contábil, do contador Paulo Cezar da Silva, é um dos escritórios conveniados com a Essent Jus, a maior empresa da América Latina em contabilidade eleitoral.
  • O aplicativo da Essent automatiza a contabilidade da campanha em ciclo digital completo, eliminando a logística de documentos físicos. “É muito seguro. O programa executa auditoria automatizada em tempo real, identificando falhas ou irregularidades”, explica Paulo Cezar.