Cascavel, Sexta-feira, 10 de julho de 2020

Leia mais

Eleições 2020 - Batata no cardápio!

Após inúmeros ensaios, apresentador mais popular da TV Tarobá decide testar seu prestígio nas urnas
Postado em 10/06/2020

A direção da TV Tarobá deu sinal verde para o apresentador Oziel Luiz, o Batatinha, empinar sua sonhada carreira política. Antes, porém, Ederson Muffato teve que administrar uma romaria de prefeituráveis, interessados em obter a benção do empresário. Pelo menos três candidatos a prefeito ambicionam ter o repórter policial na chapa majoritária, na condição de vice.

No “mercado do voto”, o passe de Batatinha é valorizado pela inserção dele nos segmentos mais empobrecidos e menos alfabetizados do eleitorado, um quinhão e tanto, habitantes da Cascavel profunda.

O Pitoco apurou que o apresentador não tem levado muito em conta a viabilidade eleitoral do prefeiturável, já que a intenção mesmo é projetar-se para be - liscar uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2022. Neste cenário, a aproximação mais promissora até o momento é com o pré-candidato do Patriotas, Evandro Rogerio Roman, amigo pessoal do Batata de longa data.

A iguaria que combina romã com batata estaria colocada na mesa dos Muffatinhos, que teriam aprovado a harmonização dos ingredientes. Agora é servir o prato feito e combinar com o eleitorado...

Rápidas

  • Secretário de Gestão e Planejamento, homem chave da administração paranhista, está de “molho”. Ele testou positivo para o corona. Zorek despacha diariamente com o prefeito, que não vê a necessidade de refazer o teste. Paranhos havia testado negativo recentemente, após contato com gente “coronhada” do governo Ratinho .
  • 12 funcionários da Acic testaram positivo para o corona, incluindo o gerente Cesar Iori. Todos estão em isolamento.
  • Outro que testou positivo foi o presidente do FC Cascavel, Valdinei Antonio da Silva, crítico do distanciamento social.
  • Grupo de cinco médicos do HUOP lançou um alerta: “Nos últimos dias nossa batalha tem ficado ainda mais difícil, já que o número de casos vem aumentando de maneira impressionante. Temos um grande temor de chegarmos a níveis caóticos”.