Cascavel, Terça-feira, 02 de março de 2021

Colunas

Fiep

Edson Campagnolo

Presidente do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Presidiu, ainda, o Conselho Deliberativo do Sebrae Paraná e coordenou o G7 – grupo que reúne as principais entidades representativas do setor produtivo paranaense.

Show agroindustrial

Evento promovido pela Coopavel foi uma demonstração de que o campo e a indústria estão cada vez mais conectados

Publicado em: 24/02/2018

Um show de tecnologia e inovação. Um show feito por empreendedores que mostram a força do setor produtivo e sua importância para o desenvolvimento do país. Assim foi a 30ª edição do Show Rural Coopavel, realizada no início de fevereiro, em Cascavel.

Mais do que uma amostra da importância do agronegócio para a economia, tendo gerado R$ 1,8 bilhão em negócios, o Show Rural deixou clara a intensa conexão existente entre campo e indústria. Ao percorrer os corredores do parque de exposições, era possível perceber que existe uma cadeia industrial preparada para dar total suporte a uma produção agropecuária de excelência.

Em praticamente todos os estandes, destacavam-se máquinas, equipamentos, embalagens, fertilizantes e automóveis, entre tantos outros itens apresentados pelos 530 expositores.

A integração entre campo e indústria, que sempre existiu, vem ganhando impulso nos últimos anos pelo uso cada vez mais intensivo de tecnologia no agronegócio. Isso não se restringe à biotecnologia aplicada em sementes ou insumos, com o objetivo de aumentar a produtividade nas áreas plantadas ou a qualidade dos produtos de origem animal. Os investimentos em pesquisa e inovação se espalham por toda a indústria que busca novas tecnologias que agilizem as diferentes etapas da produção agropecuária.

Inovação que se vê também na forte indústria alimentícia paranaense, que é responsável por transformar parte daquilo que é gerado no campo antes que chegue à mesa de consumidores.

Esse setor é o mais representativo da indústria do Paraná. Hoje, responde por 27% das receitas líquidas de vendas industriais do Estado, o que corresponde a R$ 55 bilhões ao ano. São 4 mil estabelecimentos, que geram 187 mil empregos diretos.

Tudo isso mostra que existe uma relação ganha-ganha na integração entre agronegócio e indústria. Poder observar isso de perto, no Show Rural, é algo maravilhoso, que faz com que possamos manter a esperança de que o Brasil tem jeito.

É estimulante perceber a garra que empreendedores, do campo e da cidade, colocam em seu trabalho. São pessoas que, mesmo com todas as dificuldades impostas ao setor produtivo, acreditam no país e estão sempre prontas a dar sua contribuição.

Para que essa relação se potencialize, é preciso que o Brasil, além de criar um ambiente mais favorável aos negócios, invista seriamente em novas tecnologias, tanto agropecuárias quanto industriais. Assim, certamente garantiremos que nosso país continue sendo o grande celeiro do mundo.

Parabéns aos organizadores do Show Rural e a todos os empreendedores paranaenses que, mais uma vez, fizeram desse evento, literalmente, um verdadeiro Show Agroindustrial.